TERAPIAS DA CASA - Healing Design Matéria para a Revista Valedecor 7a. Edição

November 29, 2018

Terapias da Casa

por Naveena Karênia

 

Uma expressão instigante começa a ganhar espaço no mundo da Decoração: o Healing Design. Na Europa, o tema já conta com escolas de formação na área! Mas o que seria então este “design curador”?

 

 

Em tempos remotos, decorar era considerado um afazer supérfluo dentre os povos nômades. A primeira civilização a dar um maior e profundo significado para esta atividade foi a Egípcia. Este povo, conhecido pelo seu legado sui generis nos mais variados campos, dentre os quais se destacam a Arquitetura, a Astronomia e a Física, foi o primeiro a estabelecer uma relação estreita entre a decoração e a alma do ser humano.

 

Em que pese ou não a compreensão que nosso momento evolutivo nos permite, a história nos ajuda a compreender a relação da Arquitetura com o sagrado, desde o instante em que o homem foi capaz de manifestar sua relação com Deus através dos espaços. Não obstante, a Arquitetura Sacra é um dos maiores legados da humanidade ao longo dos séculos, onde encontramos a referência simbólica da numinosa relação Homem x Espírito. E é a partir desta relação que o Healing Design surge com seu viés tão significativo neste momento delicado na jornada da evolução humana.

 

Os tempos certamente mudaram. Vivemos um momento de transição com a chegada da “Nova Era”: a era de Aquário que sugere união coletiva através da comunicação e da ascensão espiritual. As questões que hoje afligem o homem do século 21 têm sua tônica em conteúdos mais profundos e urgentes à alma, pois quando tudo parece abreviado; o tempo, as relações, os espaços; onde pode o homem encontrar abrigo sereno senão em seu espírito?

 

Sua Casa, um Templo para sua Alma!

 

O Healing Design atua promovendo uma relação, não tão somente estética ou funcional do homem com o seu espaço, mas, sobretudo, vibracional. Para tanto, faz uso de muitas sabedorias conscientizadoras tais como Geobiologia, a Geometria Sagrada, o Conceito Soul Space, o método “Espaços Sagrados” e o mais comentado, o Feng Shui. Todos compreendem estudos, caminhos e técnicas voltadas à cura e harmonização do ser e que passam (sim!) pelos espaços. São as Terapias da Casa que avançam com o propósito de acolher o novo homem.

 

O antropólogo Edward T. Hall, em seu livro “A Dimensão Oculta”, cita: “O ser humano possui aspectos visuais, cenestésicos, táteis e térmicos de seu eu cujo desenvolvimento pode ser inibido ou estimulado pelo ambiente." Aprofundando: um espaço pode curar ou adoecer, pode entusiasmar ou deprimir, acolher ou rejeitar.

 

Ao incorporarmos esses estudos em nossos projetos de arquitetura e/ou decoração, adentramos o campo do Healing Design, vai além da forma e da funcionalidade, abraçando o potencial curador dos espaços.

 

Muitos são os benefícios de um espaço no qual a energia necessária ao seu usuário foi aportada; desde a saúde física, mental e espiritual; a ordem e fluidez na vida cotidiana, bem como os estímulos e vibrações positivas! Um espaço energeticamente trabalhado emite contínuas vibrações que ancoram e estimulam os valores, a essência e os propósitos de vida de quem o habita. Assim, em pouco tempo já é possível perceber mudanças em nosso humor e nível energético, e, muitas vezes, a abertura de novos caminhos na vida. Cada caso é um caso, mas certamente todos vibram para uma melhor direção!

 

E você deve estar se perguntando: “Como posso aplicar o Healing Design em minha vida?” Bom, o caminho mais seguro, certamente é contar com um arquiteto holístico ou um consultor de Terapias da Casa, assim você acessará o mapeamento energético do seu espaço, o correto diagnóstico e tratamento. No entanto, se deseja experimentar algo simples, mas já eficaz, tente o Decluttering - a limpeza energética do “lixo” acumulado. Abra mão do que nunca usou, do que não usa mais e do que nunca vai usar. Deixe ir tudo o que “pensa” ainda ter importância, mas que, de fato, apenas se trata de artigos sem uso nem fim circunstancial. Aqui, vale considerar também peças e elementos que até podem ter um valor financeiro considerável, mas um valor emocional depreciador! De que vale aquela bela obra de arte no seu living que foi fruto de uma discórdia na divisão de bens do divórcio? Reflita.

 

Casa boa é casa sã, livre de energias desarmônicas. Enquanto profissionais arquitetos e decoradores, percebemos a necessidade de aprofundarmos na percepção da influência dos espaços no comportamento humano. Além disto, com a chegada da nova era, somos convidados a buscar novas formas de conceber espaços que estimulem e cuidem da vida do homem contemporâneo. Somente assim torna-se possível continuar a bela missão de abrigar o homem, que agora se revela na sagrada missão de abrigar almas!

 

Matéria por Naveena Karênia, arquiteta holística, pós graduanda em Arteterapia e criadora do método “Espaços Sagrados”. Há 25 anos devota seus estudos às sabedorias milenares orientais, ao autoconhecimento e métodos de cura do ser. Em Petrolina, Naveena coordena a Artenova e a Casa de Cura, espaços voltados à arte e a nova consciência, respectivamente.

 

Créditos de Imagens: www.maisonsdumonde.com

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Artenova Sul inicia suas atividades na Fronteira oeste

July 1, 2019

1/2
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo